29 novembro 2007

Mais trágico que engraçado


Gosto muito do Dilbert, e esta semana recebi a tirinha acima numa lista de amigos da faculdade. E me deixou um pouco chateado...
Não pela tirinha em si, mas pela representatividade que ainda não temos no Brasil. É mais comum do que se possa imaginar o fato de profissionais de TI nunca terem ouvido falar em Desenvolvimento Ágil, mesmo já sendo algo completamente batido, com menções já publicadas na MundoPM, CNN, MundoJava, JavaMagazine entre outras tantas. Mesmo com um termo já no Mainstream mundial, empresas ainda se recusam a dar crétido ao que as empresas mais promissoras estão utilizando.
Seria isto culpa de nós, agilistas? Estaríamos realmente transmitindo os valores corretos às pessoas que abordamos com essa história de Desenvolvimento Ágil? Ou seria mais a nossa incapacidade de transformar o manifesto em algo realmente aplicável?

Talvez falte divulgação concreta e de qualidade. (Um dos motivos que me prontifiquei a ajudar a revista Visão Ágil - para fazer parte da disseminação de conhecimento e esclarescimento que precisa ser feito). Faça você tb!!
Mês passado dei uma palestra na empresa Way2 com o título: O Desafio da Mudança. E foi muito importante esclarescer o que realmente está por trás do Manifesto Ágil: princípios acima de técnicas!!. Técnicas são apenas a consequência da aplicação dos princípios, e é isso que a minha apresentação tenta cobrir. Mesmo que você saiba de cór e salteado o ciclo Scrum, ou as práticas XP, você somente atingirá um pequeno grau de produtividade, qualidade e satisfação. Para ultrapassar isso é necessário buscar os princípios. Bem, no fundo apenas espero que eles tenham gostado da apresentação... =)

Enquanto estivermos apenas pensando em técnicas, ferramentas e procedimentos, não haverá o sucesso real do desenvolvimento Ágil, apenas o aumento da produtividade. E trasmitir isto às empresas é o principal... Como o Yugo sempre diz:"É descobrir o que está por trás dos conceitos e das práticas".

Nenhum comentário:

Postar um comentário