24 março 2008

Peter Drucker


No trabalho do conhecimento uma tarefa não é delegada; ela deve ser determinada. 'Quais são os resultados esperados desse trabalho?' É a questão chave para tornar os trabalhadores do conhecimento mais produtivos. E é uma questão que demanda decisões de risco. Geralmente não existe resposta correta; ao invés disso existem escolhas. E os resultados deve ser claramente especificados, se produtividade é o que se espera alcançar.

18 março 2008

Release Planning


Prática originária do Extreme Programming, ela pode ser bastante útil para a implantação de Scrum em sua empresa, principalmente para as empresas que possuem um cultura mais tradicionalista em gerenciamento de projetos.

Release Planning pode ser definido como: (Fonte)

Criação de um Plano de Projeto baseado nas expectativas do cliente juntamente com o histórico de desenvolvimento do produto. Planejamentos iniciais são necessariamente imprecisos: prioridades nem estimativas são sólidas, e até a equipe iniciar o trabalho não há como saber o quão rápido seguirão. Mesmo o planejamento para o primeiro release não será claro, e continuamente este plano será revisado pela equipe/cliente.

Integrando ao Scrum



Criando Roadmap do Projeto

Scrum é basicamente sobre fatos reais, não contos de fada. Assim, o Product Owner, interpretando o valor de negócio das funcionalidades, forças técnicas e restrições de mercado pode transcrever suas expectativas em um roadmap (Mapa de produto), para que possa preparar-se melhor na evolução do projeto.

Este roadmap será simples. Fornecerá deadlines e a priorização (em nível macro) necessária para criar o Plano de Release.

Meça o presente olhando para o futuro

Steve McConnell (9 Pecados Mortais do Gerenciamento de Projetos) fez uma interessante comparação:
Eu imagino um bom planejamento de projetos como dirigir à noite com as lanternas ligadas. Podem existir mapas que dirão como ir da Cidade A para a Cidade B, mas a distância que posso ver em detalhes através de meus faróis é limitada. Em projetos de médio ou grande porte, planejamento deve ser mapeado fim-a-fim cedo no projeto. Detalhamento e micro planejamento deve geralmente ser conduzido apenas algumas semanas por vez, e deve ser guiado na forma "just in time".


Interpete a citação acima da seguinte forma: Mantenha um pequeno plano sobre três Sprints à frente da atual. Revise este plano a cada Sprint Review para manter nítidas as suas intenções de curto e médio prazos. O product backlog, macro e priorizado por valores de negócio e criticidade, continuará existindo, estou apenas propondo um item a mais na sua incursão no Desenvolvimento Ágil.
Utilize os resultados do Sprint, Retrospectivas e o Sprint Planning para manter-se focado no estado real do projeto para determinar qual caminho seguir.


[]s

14 março 2008

OpenSource para Desenvolvimento Ágil

Saudações!

Kirk Knoerchild descreve todas as ferramentas necessárias para você, desenvolvedor Ágil, trabalhar mantendo a paz de espírito e o conforto.

Confira o Artigo Completo: OpenSource Tools for an Agile Developer


A defining characteristic of agile development is to keep moving forward, recognizing working code as the primary measure of valued software. Undoubtedly, there is no way to judge a software system until you have a system to judge. Yet, experienced developers recognize that requirements frequently change and traditional methods have achieved very little success in stabilizing requirements early in the lifecycle. Instinctively, we may feel change impedes progress, but agile developers embrace an attitude where change is viewed as an opportunity to improve the system. A variety of open source software tools can enable important agile practices, allowing you to keep moving forward so long as you are willing to embrace change.



Muitas destas ferramentas serão tratadas no meu próximo artigo, na próxima edição da revista Visão Ágil

Até lá!
[]s

12 março 2008

Auditor da Qualidade ISO 9001:2000

Esta semana participei do treinamento de auditores da ISO, ministrado pela empresa Maestria.

Minhas impressões sobre o curso:

Não há como não perceber as implicações que uma abordagem procedural podem trazer ao desenvolvimento de software. Até mesmo porque durante o curso, todas as referências ao desenvolvimento de software foram rebatidas por mim, já que a maior parte dos exemplos em que o modelo de maturidade da ISO 9001 se baseia está longe da realidade de software que estou acostumado.

Entretanto conhecer outras realidades sempre é muito proveitoso! Estavam presentes representantes do setor de constução civil, produção, farmácia e correios. Assim, é simple comparar em que pontos estes setores estão do desenvolvimento de produtos, e onde nós estamos.

Nota importante:
Ambos queremos a mesma coisa: Criação de produtos com melhor qualidade!

ISO em 5 minutos (me corrijam se estiver horrível):

  • Determine o seu mapa de processos

  • Descreva os processos sobre "onde queremos chegar" e não "da forma que fazemos aqui em casa"

  • Encontre o apoio da diretoria

  • Tenha pessoas dispostas a verificar se os procedimentos estão sendo seguidos à risca

  • Mantenha o registro de tudo que for produzido, medido ou cobrado

  • Faça análises periódicas para encontrar:
    • O que está horrível?

    • Ações para corrigir o que precisa ser melhorado


  • Monitore, meça, puna e cobre "quase" tudo

  • Seja coerente ao determinar o que pode ser interpretado como um "procedimento"

  • Pague alguns milhares de dólares em inúmeras auditorias para conseguir um certificado




Talvez esteja pegando muito pesado, mas algumas dúvidas ficaram no ar:

O modelo de melhoria contínua pode ser extremamente afetado, caso não seja considerada a possibilidade do próprio processo não ser o real problema. Auditores e gestores podem se perder na ilusão de comando e controle apoiados sobre o guarda-chuva "do processo". Assim, ações corretivas se perderão num mar de não conformidades, e dificilmente se alcançará algo produtivo.

É possível determinar o maior número possível de análises críticas e auditorias internas... mas muitas vezes, por causa do clima de cobrança, deve ser muito difícil receber a colaboração das pessoas em trabalhar para a melhoria dos processos como um todo. Já postei sobre falando sobre métricas e na terceira edição da Visão Ágil

Indicadores... indicadores... é preciso ter muito cuidado com eles, e estar atento para evitar que tais indicadores influenciem no trabalho de todos.



Bem, no final das contas o curso foi bastante produtivo... me dando muitas idéias de adaptações para adesão do scrum na Audaces como um todo, assim como já fizemos no desenvolvimento de software...


[]s

Ps: acho que agora vou mudar minha assinatura:

Victor Hugo Germano
Bacharel em Computação
Operador de Videocassete Sênior
Auditor da ISO 9001:2000

Que tal?? acho que nas listas de discussão vai parecer bem mais profissional...

11 março 2008

Mudança de regras para o Adsense

Ajudando a divulgar as novas medidas para a utilização do sistema de adsense


Leia a matéria no Undegoogle, que descreve as medidas que poderão remover links patrocinados que não incluirem uma descrição sobre a política de privacidade....


[]s

Política de Privacidade

Este site pode utilizar cookies e/ou web beacons quando um usuário tem acesso às páginas. Os cookies que podem ser utilizados associam-se (se for o caso) unicamente com o navegador de um determinado computador.
Os cookies que são utilizados neste site podem ser instalados pelo mesmo, os quais são originados dos distintos servidores operados por este, ou a partir dos servidores de terceiros que prestam serviços e instalam cookies e/ou web beacons (por exemplo, os cookies que são empregados para prover serviços de publicidade ou certos conteúdos através dos quais o usuário visualiza a publicidade ou conteúdos em tempo pré determinados). O usuário poderá pesquisar o disco rígido de seu computador conforme instruções do próprio navegador.
Usuário tem a possibilidade de configurar seu navegador para ser avisado, na tela do computador, sobre a recepção dos cookies e para impedir a sua instalação no disco rígido. As informações pertinentes a esta configuração estão disponíveis em instruções e manuais do próprio navegador

07 março 2008

Desenvolvimento Ágil chegou ao auge?

Agile software development processes appear more effective than traditional approaches, but agile seems to have hit a wall as far as growth, according to an IBM official's keynote presentation Monday afternoon at the SD West conference in Santa Clara, Calif.

Citing survey data, Scott Ambler, IBM practice leader for agile development, said a February survey with about 600 respondents found 69 percent were utilizing agile development practices. "The bad news is, this is the exact same number we had last year," Ambler said. This, he said, leads him to speculate that "agile has peaked.


Será mesmo??? Kelly Waters crê no contrário


Confira o artigo completo a respeito.


[]s

Novo layout



Isso ai!
Confira o novo layout do blog...

Aos que visitarem, por favor comentem se está tudo nos conformes, ou o que acharam... estou me acostumando ainda... mas vamos ver...
Se você achar qualquer problema, por favor reporte...

06 março 2008

Business Value - você sabe o que é?

O que é valor de negócio para sua empresa?

Para alguns:
  • Os números que vão para os cartões de história
  • É só um valor que alguém estimou para conseguir aprovar este projeto
  • É coisa que só o povo do comercial consegue entender. E eles ficam competindo para ver quem tem o maior

Entretanto, buscando sobre o assunto, verificamos que é um significado carregado de conteúdo. Quando falo em valor de negócio, estou tratando de:

  • Uma definição do que "valor" significa; tenha à mão uma ou mais definições de VN para seu projeto
  • Reconhecimento de que comunicação e motivação são chaves
  • É um tema completamente pragmático e simples, e ao mesmo tempo difícil de obter um compreensão total
  • Pode ser definido como a capacidade de responder à mudança e aprender através da experiência


Por que nos importamos com Business Value?

"É necessário ser extremamente cuidadoso quando você não sabe para onde está indo, porque você pode não chegar até lá" Yogi Berra

Nossa ciência, infelizmente, não lida com com axiomas matemáticos e verdades incontestáveis (como as leis da física). Tudo o que produzimos está diretamente ligado a fatores motivacionais e a satisfação das pessoas que influenciamos. Criar um definição real "do que" é valor para sua organização tenta focar suas equipes em produzir esforço no mínimo possível para alcançar tal definição.

Nunca cessará o ciclo de mudanças em nossas vidas. Em nossas empresa: clientes mudam, requisitos deixam de existir, o entendimento sobre os requisitos muda e as tecnologias sempre se tornarão ultrapassadas. Assim, valor de negócio deve tornar-se um guia, fornecendo melhores insights para responder às mudanças. Construimos produtos não para atingir sucesso técnico. Os contruimos para entregar valor a outras pessoas, então devemos adaptar nossos modelos a esta mudança.

Tenho visto uma preocupação imensa em se definir processos de desenvolvimento sem a preocupação efetiva de onde se quer chegar. "Controlar por controlar", transformando processos na real preocupação dentro do desenvolvimento de produtos.

No meu entendimento, a construção de um produto está completamente alinhada ao alcance de expectativas da empresa e principalmente dos clientes. Sendo assim, é necessário preocupar-se "no quê" produzir, deixando o "como" (processos, ferramentas e definições arbitrárias) ser guiado pro premissas adaptáveis:
  • compromisso com a qualidade
  • feedback contínuo
  • satisfação do cliente
  • ciclos curtos de desenvolvimento
Qualquer processo que tenha em mente estes valores (nesta ordem), poderá evoluir para um nivel de excelência mundial.


Quatro idéias de Kitty Hawk

Em sua teoria, Kitty tenta apresentar o conceito de BV (business value) sobre esta ótica:

Análise de Custo/Benefício: Forneça a maior satisfação possível que o dinheiro de seu cliente pode comprar

Regra do 80/20 de Pareto: Encontre os 20% de esforço que lhe trarão 80% de seus resultados. Meça os 200 requisitos de seu caso de uso através através de sua criticidade. Forneça rapidamente o que for imprescindível. Deixe que a experiência do usuário também guie seu produto. "when in doubt, leave it out".

Criação de conhecimento: Uma equipe pode mais facilmente aprender/descobrir novas coisas do que uma pessoa sozinha. Entenda que o conhecimento se transforma através de ciclos de conversão em tácitos e explicitos. Motive a criação de conhecimento em suas equipes definindo um propósito. Cada vez mais, a criação de conhecimento é o principal fator para a competência.

Métodos de Aprendizado: Pense no ciclo PDCA de Demin (Plan-Do-Study-Act). Tecnologias podem ser copiadas e produtos serem esquecidos pelo mercado. Foque-se na forma com que sua empresa aprende. Aumente a capacidade de sua empresa experimentar e avaliar possbilidades. Uma equipe deve ser capaz de fazer experiências da forma mais rapida,barata e frequente possível.


Abordagem "engenheirística"

Transforme o entendimento e a busca por valor de negócio em sua empresa num "processo":
  • tenha uma definição clara e de alto nível do que é valor de negócio(pode tomar várias dimensões)
  • tenha um definição clara e operacional do que significa valor de negócio para um contexto específica
  • crie um caminho específico para determinar quando uma hipótese é correta, ou de que forma ela não é
  • influencie o comportamento de todos através desta definição (ex: programadores querem alcançar o sucesso através do caminho proposto). Permita ajustes "on-the-fly" por um bem maior
  • encontre um conjunto de praticas que possa ser utilizado no decorrer de um projeto para atingir sua definição de valor de negócio
  • defina uma forma clara de modificar tais práticas, para que melhores práticas possam surgir com o tempo
  • um entendimento comum sobre prazos entre análises, e um questionamento contínuo sobre em que momento as práticas deixaram de ser efetivas, para que possam ser modificadas. (ciclos contínuos de feedback)

Entenda "efetividade" como sendo: mais rápido, mais barato, melhor qualidade, etc. Tente transformar estas definições para aumentar a velocidade de entrega de suas soluções.

[]s