06 setembro 2007

Os princípios do Manifesto Ágil


Muito já foi falado sobre o Manifesto Ágil(cujos valores estão transcritos abaixo), muitas críticas e muita, muita discussão a favor. Gostaria de acrescentar minha contribuição a toda essa conversa, apresentando uma análise simples feita por David Astels em seu livro: Test Driven Development A Pratical Guide. Seguindo justamente o princípio KISS, Astels conseguiu determinar até onde queremos chegar com iniciativas como CodingDojo, TDD, BDD, StandUp Meetings, dentre outros valores e técnicas.

Para que não esqueçamos nunca:

Agile Manifesto
Individuals and interactions over processes and tools
Working software over comprehensive documentation
Customer collaboration over contract negotiation
Responding to change over following a plan

Mas será apenas isto? Não existirá algo maior por trás dessas quatro premissas?
Sim! Toda a discussão a respeito do desenvolvimento Ágil pode ser resumida nas linhas que se seguem, excelentemente transcritas no livro do David Astels:


Nossa maior prioridade é satisfazer os clientes através de rápidas e contínuas entregas de software com valor agregado.

Mudanças de requisitos são bem vindas, até mesmo tarde no desenvolvimento. O processo Ágil assume a mudança como parte da vantagem competitiva de seus clientes.

Entregar software funcionando frequentemente, em algumas semanas ou meses, com a preferência ao menor tempo possível.

Homens de negócios e Desenvolvedores devem trabalhar juntos durante todo o projeto.

Construa projetos através de indivíduos motivados. Dê à equipe um ambiente que atenda suas necessidades, e confie em sua capacidade para realizar o trabalho.

A forma mais eficiente e efetiva de circular, criar consenso, uma informação para a equipe de desenvolvimento é através da comunicação cara-a-cara.

Software em funcionamento é a primeira medida de progresso.

O processo Ágil promove o desenvolvimento sustentável. Os clientes, desenvolvedores e usuários devem ser capazes de manter uma paz constante indefinidamente.

Atenção contínua a excelência técnica e bom design inspira Agilidade.

Simplicidade - a arte de maximizar a quantidade de trabalho não feito - é essencial.

As melhores arquiteturas, requisitos e designs surgem a partir de equipes auto-gerenciáveis.

Em intervalos regulares a equipe reflete sobre como tornar-se mais eficiente, então adaptando seu comportamento de acordo.

Um comentário:

  1. Olá!

    Gostaria de saber de qual parte do livro de David Astel esse trecho foi retirado.

    Aguardo retorno.

    Obrigado.

    ResponderExcluir